Dragon Ball Xenoverse: testamos o novo game antes de seu lançamento no Brasil

Dragon Ball: Xenoverse é o novo game de luta de Goku e sua turma. Desenvolvido pela Dimps Corporation e publicado pela Bandai Namco, o game será lançado para PS3, PS4, Xbox One, Xbox 360 e PC, e chegará às principais redes varejistas no dia 27 do mesmo mês com legendas em português do Brasil.

Se liga ai que vou falar das minha primeiras impressões que tive do game.

Testei o game nos consoles da primeira geração, não tive a oportunidade de ver o mesmo para PC, porém teremos uma gameplay ao vivo para jogar no dia do lançamento o game para PC.

Estilo do game.

Se você ta achando que o Xenoverse será um game de luta estilo Street Fight onde você escolhe um personagem e parte para pancadaria, você está completamente enganado.

Na primeira aventura, o jogador deverá criar um personagem único para viajar no tempo e tentar intervir em lutas históricas do passado.
Para encarar inimigos bem conhecidos, como Vegeta, Cell e Freeza, e você pode escolher qual a raça do seu personagem, Terráqueo, Majin, Saiyajin, Namekuseijin ou Freeza para explorar o rico universo do Dragon Ball de uma forma completamente nova.

Como em um RPG, você pode personalizar o seu personagem da forma que quiser e quando bem entender, desbloquear novos poderes, armas e acessórios e ainda buscar tarefas com diversos NPCs espalhados em uma cidade totalmente aberta à exploração.

Xenoverse também introduz um sistema de mestres bem interessante. Você deverá escolher um personagem da série para ser o seu mestre, que irá treiná-lo com métodos específicos, aprimorando suas características únicas de batalha. Por isso você deverá saber escolher o seu mestre conforme o estilo de luta que você deseja ao seu personagem.

Além das principais personagens que tem no Dragon Ball, Xenoverse vai apresentar novos personagens, como Mira, uma criatura artificial que quer ser a mais poderosa do universo, e Towa, um cientista de um mundo demoníaco.

Um outro pequeno detalhe que descobri nesse teste, foi que mesmo o game está totalmente baseado na história antes de Dragon Ball GT, Goku e Vegeta vão conseguir se transformarem na forma de Super Sayajin 4

Qualidade de Gráficas e Jogabilidade.

Xenoverse possui um visual extremamente fiel ao anime e com uma grande quantidade de detalhes compondo os personagens e ambientes.
A jogabilidade segue o ritmo proposto da franquia, com golpes rapidos, poderes capazes de destruir cenários inteiros e, é claro, transformações em tempo real para formas mais poderosas.

No início, senti uma certa dificuldade para alcançar o rival em batalhas aéreas, porém  em um curto tempo consegui me adaptar e dar muita porrada no ar.
Em resumo, a pancadaria funcionou bem, mas exigiu um tempo de adaptação.

Como nas verdadeiras batalhas da saga Dragon Ball, os confrontos são repletos de destruição e com golpes extremamente velozes.
Também não posso deixar de destacar os cenários, que são extremamente abertos e destrutíveis.

Para aqueles que gosta de bater nos outros em confrontos multiplayer, há ainda o torneio Tenkaichi Budokai, onde o objetivo é promover lutas online entre diferentes jogadores ao redor do mundo. Esse modo online suporta seis usuários, sendo que será possível encarar os oponentes em batalhas de três contra três.

RSS
Facebook0
Google+0
Twitter

Related posts

Leave a Comment