Sony obrigada a reembolsar quem comprou a PS Vita antes de junho de 2012 nos EUA

Se a sony já não era muito fã do seu console portatil, imagina agora depois dessa noticia.

A Sony chegou a um acordo com a Federal Trade Commission dos Estados Unidos para reembolsar os consumidores que compraram a PS Vita antes de 1 de junho de 2012. Em questão está o uso de publicidade enganadora por parte da companhia para promover o console.

Assim que o acordo estiver finalizado, a Sony terá que recompensar os consumidores com $25 em dinheiro ou crédito, ou então com um voucher de $50 para gastar em jogos e serviços da companhia.

A Federal Trade Commission, organização que visa proteger os consumidores nos Estados Unidos, acusa a Sony de enganar os consumidores ao ter dito nas campanhas de publicidade que seria possível jogar títulos da PlayStation 3 na portátil através de Remote Play e que os utilizadores do portátil poderiam continuar o progresso dos jogos fora de casa com o Cross-Play e Cross-Save.

Embora tenha tido jogos com estas capacidades, a Federal Trade Commission aponta que foram poucos, e por exemplo, no caso de MLB 12: The Show, era preciso comprar as duas versões do jogo – PS3 e PS Vita – para usar a funcionalidade de cross-save, algo que a Sony falhou em contar aos consumidores.

Outro exemplo dado é Killzone 3. A Sony disse que os jogadores da portátil poderiam jogar remotamente o shooter exclusivo do PS3, mas a funcionalidade nunca chegou a estar disponível.

Prolongando a acusação, a organização também acusa que a Sony deu a entender que com a versão 3G da PS Vita, que custava mais $50 e entretanto foi descontinuada, os utilizadores poderiam participar em partidas multijogador online, quando na realidade não podiam.

Quando o processo estiver terminado, a Sony terá que enviar um email de notificação aos utilizadores afetados para que possam receber a recompensa.

fonte: Eurogamer

RSS
Facebook0
Google+0
Twitter

Related posts

Leave a Comment